email marketing

O que é email marketing?

Se tem por hábito subscrever os conteúdos das empresas de que gosta ou de que é cliente, provavelmente costuma receber emails regulares onde é informado sobre promoções ou redirecionado para conteúdos interessantes. Talvez nunca se tenha apercebido, mas facto é que está a ser o alvo de uma campanha de email marketing.

Com o aumento da concorrência online, as empresas são forçadas a explorar novas ferramentas com o objetivo de expandir o seu alcance. E não há dúvida de que os desafios são muitos: não basta convencer a comprar; é necessário fidelizar o cliente e fazer com que ele volte a utilizar os seus serviços e, se possível, até os recomende.

Mas, afinal, o que é email marketing? De forma genérica, trata-se de uma estratégia de marketing digital, aplicada por um grande número de empresas. O objetivo é criar uma relação de proximidade com o cliente através do envio regular de emails.

A estratégia de email marketing

O tipo de mensagem enviada pode variar, mas o que aconselhamos é que aposte numa estratégia de conteúdo relevante, pintada com alguns emails de venda. Por exemplo, em cada 10 emails, apenas um será promocional.

Assim, fará com que o cliente abandone a ideia de que o seu único objetivo é vender e começará a encará-lo como uma entidade respeitada no seu nicho de mercado. A linguagem simples ajudará a que, com o tempo, se torne numa espécie de amigo com o qual, de tempos a tempos, vai falando de interesses que ambos têm em comum.

Embora os resultados possam até nem ser imediatos, o que acontecerá é que, no futuro, sempre que o consumidor precisar do que quer que seja, a empresa que  lhe virá à cabeça em primeiro lugar será a sua.

Devemos sobretudo salientar que email marketing não é spam. Por isso, antes de enviar um email, deverá ter o consentimento da pessoa que deverá ter se inscrito na sua lista de email através de um formulário. A opção “cancelar” deve estar sempre presente.

Email marketing vs. Newsletter

Os conceitos podem parecer semelhantes, mas há diferenças a assinalar. Se o email marketing é normalmente mais simples e visa comunicar um conteúdo ou produto específico, as newsletters funcionam mais como uma conjugação de noticias variadas sobre um empresa.

Além disso, enquanto as newsletters estão muito associadas às empresas (o que pode ser prejudicial, pois estas estão naturalmente associadas à ideia de venda), os email marketing é normalmente mais informal e deve inclusive ser assinado com o nome próprio de um dos responsáveis da empresa.

Defina uma estratégia de email marketing e comece a trabalhar a sua lista de emails de forma a conseguir um maior retorno dos seus consumidores, seja ele em credibilidade para a sua empresa ou em valores monetários.

Depois de definir a estratégia, é só enviar. Como? Clique aqui e conheça a ferramenta de emails marketing que vão tratar do assunto por si. Além de agilizar a tarefa, poderá também medir o sucesso e ver, por exemplo, quantas pessoas abriram o seu email e quantas efetivamente clicaram no link que colocou dentro da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *